Muito Além de Mim – Cida Freitas

Ganhar um livro é bom. Ganha-lo das mãos da autora e autografado, melhor ainda! Assim, ao ganhar o 4º lugar no concurso de poesias promovidos no polo onde curso Pedagogia, ganhei o livro “Muito além de mim”, de Cida Freitas.

Na noite que recebi o livro, tanto Cida Freitas quanto a Graziela, minha tutora, me aconselharam a não lê-lo à noite. Mas eu não resisti e li. 

O livro retrata experiências sobrenaturais que Cida passou durante toda a sua vida e eu me identifiquei muito durante a leitura de todos os episódios ali descritos. Em certos momentos voltei a algumas fases da minha vida onde passei por experiências que causam “frio na espinha”. E é claro que sempre procuramos respostas, sempre nos perguntamos porque determinadas coisas acontecem em nossas vidas. O que mais amei é que a autora não espera e nem pede que o leitor acredite no que ela escreveu: apenas quer dividir o que viveu; e eu adorei o que li e reli!

Se você deseja adquirir o livro, ele está a venda na loja virtual da All Print Editora, clique aqui.

Um pouquinho mais de Cida Freitas:



Nasceu em 14 de junho de 1950 na cidade de Santa Mariana, Pr, onde concluiu seus estudos primários e secundários. Filha de Júlio de Freitas e Palmira Mareze de Freitas, é a segunda dos seis irmãos. Cursou Letras pela Faculdade de Ciências e Letras de Campo Mourão, hoje, UNESPAR. Na mesma Instituição fez o Curso de Especialização em Língua Portuguesa e, posteriormente, especializou-se em Supervisão Escolar. Casou-se em 1971 com Hélio Dias França com quem teve quatro filhos: Tânia, Luci Mara, Susi e Júnior. Divorciou-se em 1990.
Profissionalmente começou como balconista em sua cidade natal aos 14 anos. Aos dezoito, prestou concurso municipal e passou a lecionar no distrito Panema em Santa Mariana. No ano seguinte trabalhou no distrito Quinzópolis, no mesmo município. Após o casamento, mudou-se para Jesuítas, 1971, ano em que lecionou Língua Portuguesa na Escola Normal (Ensino Médio) na cidade de Formosa D’Oeste. Em 1972 transferiu-se para Cianorte e em 1974, abriu uma empresa comercial de produtos esportivos. Optou pelo ramo empresarial para poder ficar perto dos filhos. Em 1979, transfere-se para Campo Mourão, onde abre a Casa dos Esportes que funcionou até 1996.
Voltou para o magistério em 1986.Lecionou no Colégio João D’ Oliveira Gomes, FECILCAM, Colégio Integrado e, há 10 anos, trabalha como Supervisora Pedagógica no Colégio Vicentino Santa Cruz onde, em 1995, ajudou a criar o curso de Ensino Médio. Em 1996, casou-se com o professor Jacó Gimenes e juntos criaram a empresa Instituto de Cultura e Desenvolvimento da qual foi sócia proprietária. Em 2000 criou o Centro Interativo de Aprendizagem.
Ensaiou como escritora aos 14 anos, quando venceu um concurso promovido pela Secretaria Estadual de Educação, escrevendo 40 páginas sobre Natureza. Em 1987, incentivada pela professora Sinclair Pozza Casemiro, participou do “I Varal de Poesias da FECILCAM” ficando com três dos cinco prêmios. 
Lançou seu primeiro livro, “Vida e Poesia”, na IV Bienal do Livro, no Rio de Janeiro em 1989. Depois vieram: “Deus Abstrato”; “Um Pouco de Nós”; “Toque da Alma” e a revista especial “Mãe”, lançada pelo Rotary Club Verdes Campos durante a XLI Conferência Distrital em Campo Mourão. Participa das Antologias: “Benditos Alternativos e Independentes” (EDICON-SP); “Antologia de Contos, Crônicas e Poesias” (EDICON-SP); “Selectio Prima” (FICILCAM-PR); “Proseando” (EDICON-SP); “Poeta, mostra tua cara” (Edições Garatuja-RS); “Vivência” (Artes Gráficas Mourãoense-PR). Assinou, por dois anos, a coluna “Vida e Poesia” no jornal Tribuna do Interior; hoje escreve para a Gazeta do Centro Oeste em sua coluna “Pensando…”.
Possui publicações no jornal “Turismo é Aqui”, na revista do “Lions Club”, fevereiro de 2002 e em jornais alternativos. Compôs para o CD “Meu Canto em Oração” (Paulinho): “Meu Querer”; “Doce pedido” e “Oferenda”. Para o CD Meu Canto em Oração II, compôs: “Só tu, Senhor”; “Meu canto”; “Minha Senhora” e “Oração”.
Na comunidade:
Foi membro da ACICAM, onde integrou a Diretoria por três gestões consecutivas. Presidente do Fórum Popular de Cultura. Coordenadora da Associação de Educação Católica do Paraná (AEC), Núcleo de Campo Mourão. É membro da AME  Associação Mourãoense de Escritores. Membro do Conselho Municipal do Turismo, coordenando a área de Cultura. Presidente da Academia Mourãoense de Letras no biênio 2008-2010.
endereço eletrônico: profcidafreitas@uol.com.br
Anúncios