Por que os homens amam as mulheres poderosas?


Eu recebi de presente da minha querida Déia Fargnoli, blogueira do Dicas de Relacionamento, 2 livros: “O pequeno príncipe” e “Por que os homens amam as mulheres poderosas“. O primeiro livro é o meu preferido que me encanta desde a infância, por isso decidi primeiro ler o outro livro pensando se eu seria uma mulher poderosa.


O livro foi escrito por Sherry Argov e esse livro está na lista de mais vendidos (mais de 2 milhões), aqui no Brasil pela Editora Sextante.  Uau, mas qual será o mistério revelado por detrás das páginas dele?

Antes de escrever o livro, a autora entrevistou uma centena de homens, perguntando o que nós, mulheres, queremos saber. E durante toda a leitura do livro pude perceber como as mulheres enviam os sinais errados pensando estar enviando os sinais certos. A autora sempre faz o contraste da “mulher boazinha” com a “mulher poderosa” e é fantástico ver que para um relacionamento dar certo a mulher tem que se amar e se respeitar incondicionalmente e não ser um capacho ou uma “mãe” pronta a fazer todas as vontades daquele que ama.

Estou indicando a leitura do livro não somente para as solteiras, como também para as casadas. Aliás, encontrei lições preciosíssimas nas páginas e decidi que não quero ser boazinha, quero ser poderosa!

“Ser uma mulher poderosa não significa ter voz sexy, usar chicote e ser má – significa estar consciente de suas qualidades, valorizar-se, não ter medo de se impor, e acima de tudo, saber que suas necessidades devem vir em primeiro lugar.

Ou seja, tem menos a ver com a maneira como você o trata do que com o modo como trata a si mesma.”

O livro é um guia de como se comportar perante um possível relacionamento e deixar de lado a mulher boazinha, fácil demais, insegura para se tornar uma mulher poderosa, segura de si e valorizada!

Você encontra o livro em qualquer livraria, na revista da Avon (vi várias vezes lá) e em versos pdf na internet. 

Algumas frases do livro para você se inspirar:



Anúncios