Museu abriga mais de 700 obras (e histórias) de corações partidos

Há sete anos, Olinka Vistica e Drazen Grubisic tentavam dividir os bens, uma vez que o casamento chegara ao fim. Separar aqueles bens maiores foi fácil: geladeira, fogão, ar condicionado. Mas quando chegou a hora de dividir os “bens sentimentais”, aquelas que só têm sentido no contexto da relação, a coisa complicou. 

Veja a galeria de fotos abaixo

Foi quando um piada virou um projeto: por que não montar um museu com esses objetos que ficam no meio do caminho, entre a relação e a separação? Um ano depois, nascia oMuseum of Broken Relationship (Museu dos Relacionamentos Rompidos), em Zagred, capital da Croácia e terra natal dos fundadores dessa ideia.

Museu abriga mais de 700 objetos (e histórias) de corações partidos
Diferentemente da maioria dos museus, no Museum of Broken Relationship é permitido tomar uma taça de vinho, oferecido no próprio local. Em consequência, lágrimas, sorrisos e angústias em dobro com o que é contado sobre cada obra em exposição.

Os objetos chegam através de doações. Volta e meia, o museu faz campanhas de arrecadação em outras capitais. E é sempre bem sucedida, porque corações partidos estão por toda a parte. O acervo já possui mais de 700 peças. Algumas chegam cheias de bom humor; outras, cheias de mágoas, mas todas com histórias para contar.

Com lágrimas, amargura ou bom humor, todos os objetos têm histórias para contar
Do propriamente dito à liberdade poética para descrever o significado dos objetos. Seja como for, é muito emocionante assistir a uma história inteira através de um pedacinho dela.

As ‘obras’ vão do fofo ao bizarro. Uma das mais incomuns é um pequeno frasco que, segundo a dona da história, contém todas as lágrimas que chorou com o fim do relacionamento. 

Impressionante é o número de sapatos doados. O significado de tantos calçados: eles representam a fuga de uma relação. Um ursinho de pelúcia chega com o seguinte bilhetinho junto: “Ganhei esse ursinho de pelúcia no Dia dos Namorados. Ele sobreviveu, porque não foi ele quem me machucou, mas o idiota que deixou para trás”, diz a dona do coração partido.

Outros chegam cheios de bom humor. É o caso do relógio de pulso antigo que veio com a seguinte descrição: “Esse relógio pertencia a uma namorada que gostava de tudo velho e que não funcionava. Por isso ela me deixou”, contou o rapaz espirituoso.

Confira a galeria de fotos com alguns desses objetos e suas histórias:

O museu tem uma área dedicada à luxúria e às decepções causadas por ela.

Doações de Lingeries chegam aos montes.

O vestido de noiva foi usado na cerimônia do casal, agora separado, em Kavala, Grécia, em 1994.

Um coração partido furioso, da Alemanha, usou esse machado para destruir os móveis de seu ex quando terminaram o relacionamento.

O ex-marido chegou arrogante em um carro novo. O anão estava fechando o portão que ele mesmo havia destruído a algum tempo. Foi quando, na sua fúria ao entrar, o anão voou até ao pára-brisas do carro novo. E esse episódio determinou o fim de tudo.

Na época, ainda namorados, visitaram uma oficina de vidros na ilha de Murano, em Veneza. Viram um artista fabricar um pequeno cavalo e ela disse que ficaria muito feliz em ganhar um daqueles de presente.

Alguns dias depois, ao arrumar o quarto encontrou dentro do armário uma caixinha e dentro dela, o cavalinho acima com um anel e o pedido de casamento. O casamento durou 20 anos.

A mulher que ganhou a bacia acima – de fazer pão – só usou 5 vezes nos 3 anos que esteve junto com o cara. Todas as vezes que amassou a massa do pão nela, em nenhuma vez o pão ficou bom – sempre ficava duro. Depois que se separaram, ela passou a usar a bacia para fazer saladas e emagreceu 21 Kg.

A esposa fez essa caixa com a foto depois que se casaram, quando ele foi para o exército. Após 18 anos de casado ele a trocou por outra, mas o divórcio só foi oficial no aniversário de 25 anos de casamento. O que a ex-esposa fez? Mandou fazer um bolo com o número 25 e partiu no meio, enviando a metade deste para o ex-marido. Ela comemorou com os filhos comendo o bolo e os filhos depois foram à casa do pai comemorar. Quando ele recebeu a metade do bolo, ficou chocando junto com a namorada mas comeram o bolo mesmo assim.

Fonte: GNT

Anúncios